366. O cachorro do vizinho me odeia

O cachorro do meu vizinho me odeia. O sentimento é mútuo e não me culpo, nunca gostei de cachorro; é um bicho excessivamente servil e lambão. Eu enforcava filhotes sempre que vinha da aula. Mas se se resumisse ao cachorro do vizinho, estava bem; mas as samambaias do hall estremecem de raiva quando percebem a minha presença. Quando era menor, adorava jogar os vasos do beiral de casa e vê-los espatifar-se no chão.

Ganho a rua e caminho. O jornaleiro me hostiliza protegido por seus longos bigodes. Também não gosto do jornaleiro, por isso, com 16 anos, botei fogo numa banca de jornal. Não sem antes amarrar o jornaleiro e roubar as revistas pornô. Fiquei vendo a banca queimar, os bombeiros chegarem e rescaldarem a ridícula escultura de aço retorcido que ficou no lugar. Vi retirarem corpo carbonizado do jornaleiro.

Entro no banco e me sento à mesa de trabalho. Como 99 em cem pessoas, detesto o que faço, mas suporto com uma resignação estóica. As pessoas me pedem empréstimos e, a contragosto, tenho de dá-los. Quase nunca as pessoas o merecem: é gente inconsequente, essa inconsequência que é nossa sífilis congênita nacional. Em geral, as pessoas percebem a má vontade na íris dos meus olhos e me evitam. Só vêm à minha mesa quando sou o único funcionário disponível.

Quando vejo o noticiário e noticiam um acidente aéreo ou alguma tragédia de grandes proporções, desligo o televisor e ponho música para comemorar e abro uma espumante. As pessoas me odeiam; e eu também detesto esses ratos de duas patas.

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: