339. Intrusos

republicanização das famílias reais é algo assustador. Para que restaurar tronos se os monarcas — ou pretendentes — casam-se com plebeus? O rei é rei porque tem a regula e porque está acima do resto do povo e acima da nobreza; um príncipe que se casa com uma plebeia ou com um nobre menor perde a legitimidade da sua investidura e joga ao chão toda e qualquer pretensão que tenha.

E não é um fenômeno recente. A família Bonaparte, usurpadora do trono francês, conseguiu imiscuir-se em várias casas europeias. E é um caso grave ainda mais tratando-se dos Bonaparte, que forjaram seus documentos de nobreza ainda antes da ascensão de Napoleão.

Até mesmo o pretendente Bourbon ao trono francês, Luís, tem em seu sangue traços do ditador Francisco Franco.

Aliando-se a tais nomes, que chance têm as famílias reais? Só lhes resta desaparecer na fossa comum da História.

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: