324. Enquanto caminho

Eu sou dum outro tempo,
que a cada instante fica mais longo.
Eu sou dum outro lugar
que a cada momento fica mais longe.
O aqui e o agora
É agora e nunca.
Um grito preso no vidro
dum efêmero perene.

Anúncios
Post seguinte
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: