269. A voz do povo

A democracia direta, como faziam os gregos antigos, torna-se inviável para nós, mesmo em núcleos médios como Araraquara. Logo, adotou-se o sistema de representação parlamentar, que tem sua origem na Inglaterra. O povo fazendo-se presente por seus representantes é o que chamamos de “democracia indireta”. Mesmo assim, “o poder emana do povo” (parágrafo único do art. 1º da Constituição Federal) que elege seus representantes. Mas não é o que vem ocorrendo.

É dolorido o “compadrismo” parlamentar. Legisladores valem-se de leis e regulamentos duvidosos para proteger-se e protegerem seus interesses. Quantos eleitores de Araraquara aprovariam um regulamento pelo qual apenas a Mesa Diretora da Câmara pode propor mudanças no subsídio dos parlamentares?

De virarem as costas àqueles que representam, os edis da Morada do Sol estão sendo cobrados; também os de Santa Lúcia e Ribeirão. Como definiu bem o jornalista Marco Antonio dos Santos, desta Tribuna, uma verdadeira “Primavera Caipira”, em comparação ao movimento que varreu o Oriente Médio e parte do norte da África.

Tentam-se subterfúgios, escapadelas, manobras untuosas. Mas, finalmente, uma parcela da população recobrou sua consciência política e exige o justo: o respeito ao desejo popular, justiça nas decisões.

 “A voz do povo é a voz de Deus”; ou, adaptando melhor a máxima aos nossos tempos modernos e laicos, “A voz do povo é a voz da urna”. A surdez coletiva e a insistência em decisões corporativistas sufragadas em regulamentos espúrios podem significar uma retumbante (e merecida) derrota.

* * *

Publicado na Tribuna Impressa de Araraquara em 8/5/2012.

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: