256. Trinta anos de uma guerra populista

Tropas britânicas na ilha à época da Guerra

Ontem, completaram-se 30 anos da malfadada Guerra das Malvinas. Em 2 de abril de 1982, os argentinos desembarcaram naquelas ilhas do Atlântico Sul, retirando o Union Jack dos britânicos e instalando em seu lugar o Sol de Mayo entre barras celestes.

As Malvinas — ou Falklands, como as chamam seus habitantes — são o centro de uma questão central do imaginário argentino. Nossos hermanos falam de anexação por parte do Reino Unido; britânicos, em reocupação, pois consideram que as ilhas já eram nominalmente suas antes de 1833, ano em que se instalaram ali com colonos. Considera-se que a autoridade argentina sobre as ilhas tenha sido apenas entre 1820 e 1833. Treze anos.

Governos argentinos que se sucederam sempre consideraram as ilhas suas, mas o conturbado século 19 no continente impediu qualquer movimento para a retomada, o que não atenuou o sentimento de perda e remorso.

Em 1982, uma junta militar com baixa popularidade guiada pelo General Leopoldo Galtieri concebeu o ‘Plano Rosario’, que culminou com a tomada das ilhas. A Argentina vislumbrava três pontos favoráveis: 1) ambiente positivo por conta de uma resolução da ONU sobre descolonização; 2) o desinteresse britânico em ilhotas perdidas e; 3) apoio americano àquelas pretensões territoriais. Como sabemos, saiu tudo às avessas.

Agora, temos um governo argentino populista que anda também com baixa popularidade. Inflação, desemprego, insatisfação reinam no país da dinastia Kirchner. E é claro que invocar o fantasma das Malvinas é cômodo: questões sentimentais angariam votos e carisma.

* * *

Texto publicado na Tribuna Impressa de Araraquara de 3/4/2012.

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: