210. Reflexão natalina

Natal é um período de reflexão; mas também cabe uma reflexão sobre o próprio Natal: o que significava e o que se tornou. Das notícias relacionadas à data publicadas por esta Tribuna*, grande parte remete-se a reclamações: o movimento do comércio não está bom; falta iluminação decorativa nas ruas.

Pergunto-me se o Natal resume-se a isso. Além, claro, da sanha consumista, do cheiro de tender, das ruas abarrotadas, das filas intermináveis, das músicas com harpa paraguaia nos alto-falantes das lojas, de esquálidos papais-noéis esvaecendo-se em suor entre os enchimentos e a tortura da roupa vermelha. Presentes que trazem apenas o entusiasmo do instante em que são abertos.

A decoração pisca sobre nossas cabeças; paira no ar um desânimo abafado e calorento de neve falsa a trinta graus. Falar em Deus ou em Jesus Cristo é visto com maus olhos pelos cépticos de plantão. Mas não custa lembrar que as decorações de Natal e os manjares à data associados não são o motivo da festa; é a comemoração que os traz como consequência.

O intuito maior é reunir a família para lembrar o porquê da confraternização; que por um segundo que seja, lembremo-nos daquele que se ofereceu em sacrifício por nós. Lembremos da família ausente, dos amigos.

Na balança dos valores, a inconsequência do excesso tem pesado mais; todo fim de ano há problemas relacionados — seja na bebida, seja na falta de precauções — que terminam em tétricos brindes nas manchetes de jornal.

Deixo a vocês, leitores, um convite à reflexão.

* * *

* Este texto foi publicado na seção Ponto de Vista do jornal Tribuna Impressa de hoje, 24/12/2011. Disponível no Araraquara.com.

Anúncios
Post seguinte
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: