206. Do ofício

Um engenheiro civil saberia calcular a resistência de um pilar apenas olhando-o? Ou um engenheiro mecânico conseguiria resolver um problema de u’a máquina apenas em olhá-la? Certamente que não. Porém, de algumas cepas de profissionais, exige-se uma solução imediata e a pronta solução de intrincados questionamentos lançados à queima-roupa. É isso que se espera do profissional de língua portuguesa, seja ele professor, revisor ou alguma outra ocupação que lhe caiba.

Espera-se desse tipo de profissional uma espécie de conhecimento automático, enciclopédico. Como qualquer outra profissão técnica, o especialista precisa de seus manuais, de seus vade mecum. O conhecimento da língua portuguesa não é algo de pleno domínio; creio que nenhuma língua seja, a um falante-técnico, de conhecimento absoluto. Sabe-se bem que alguém que termina seus estudos regulares e não dá prosseguimento a eles, no dia a dia, ou seja, deixa de estudar, está condenado ao esquecimento e à desatualização. A memória humana não é perene…

Porém, o profissional de língua portuguesa costuma ser alfinetado ou com pegadinhas ou com as já citadas perguntas à queima-roupa. O que me parece desleal, pois presume que ele tenha de saber absolutamente tudo. Claro que, o básico do básico remanesce na memória; parte, nunca entrará.

Um bom revisor, por exemplo, não seria alguém que soubesse todas as perguntas que lhe dirigem ou tudo que vê sobre o papel, mas sim aquele que, caso não saiba à memória o que se lhe depara, saiba sim onde achar uma resposta. Esta é a função do revisor.

* * *

P.S.: ia referir-me ao profissional de língua portuguesa como bacharel em Letras, título de ensino superior, mas, antigamente, muitos revisores eram simplesmente apaixonados pela língua, autodidatas. Hoje, o autodidatismo foi atropelado e condenado pela sanha de diplomas e certificados.

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: