204. História e Geografia

História e Geografia

Uma ilhota provinciana
cerca de paus e cana.
Ruas de lama; almas minerais
esgueiram-se pelas cercas
aquecidas pelo Sol.

Uma ilhota, uma rua,
uma igreja quase nua.

Aves-maria por Dona Pia
e os homens dignos de cartola
chorando seco pelo Imperador.

Fora, paus e cana.
Paus que batem,
murmúrios indistintos
de raiva e fome.

No centro, a ilhota.
Nas bordas, mãos sujas e cana.

“À saúde de Sua Majestade,
que Deus a tenha e conserve…”

Que Deus nos reserve
fado melhor.

* * *

Como música incidental, deixo aqui a Marcha Fúnebre de Napoleão.

Anúncios
Post seguinte
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: