178. Fernão de Magalhães, um perfil

 

Fernão de Magalhães

 

Carlos V achou bem, deu uma Armada de cinco navios a Fernão de Magalhães, e este partiu. Saiu de Sevilha, passou pelas Canárias, dirigiu-se ao Cabo dos Baixos de Ambor, desceu a costa, «até o ryo que se chama Yaneyro»; continuou a descer; teve brigas com os capitães dos navios; matou dois, Luiz e Mendonça, à punhalada; a Gaspar de Queixada, degolou-o; fez desembarcar outro, João de Cartagena, na companhia de um clérigo, em terra «onde nan avya nem molher». Pôde fazer isto tudo, porque «a jente bayxa a mor parte era com ele».

PIMENTA, Alfredo. Dom João Terceiro. Livraria Tavares Martins: Porto, 1936. p. 135.

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: