151. Amadeu Amaral, “O dialeto caipira”

Amadeu Amaral assombra pela sua capacidade. Autodidata, surpreendeu o meio intelectual com seus dotes de escritor, poeta, folclorista, ensaísta e filólogo. Para o campo do estudo da língua, contribuiu com o fantástico “O dialeto caipira” (1920), um documento importantíssimo que mostra bem o quanto o dialeto do interior paulista evoluiu a ponto de ser um germe de uma nova língua (como a relação entre o neerlandês e o africâner) e também demonstra quanto esse estado de língua acabou por recuar e praticamente desaparecer.

Sua obra está já em domínio público e, por tal, disponho aqui a obra acima mencionada, para deleite dos curiosos e estudiosos. Mais informações sobre o bandeirante da Linguística, a cargo da Wikipédia.

Anúncios
Deixe um comentário

1 comentário

  1. Tweets that mention 151. Amadeu Amaral, “O dialeto capira” | Hepáticas -- Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: