Cartas litorâneas (VIII)

A visita do advogado deixou-me intrigado, não pela visita, mas pela carta que, há dias, relutava em desdobrar. Entreguei-me à meditação e aos passeios a beira-mar. Pelos meses que se seguiram, continuei a corresponder-me com o advogado, sempre cortês e sempre dum lirismo fantástico nas suas cartas-soneto e cartas-novela; mas ele não perguntou se eu havia lido a carta que ele mesmo aqui datilografa e me deixara nas mãos, como um pássaro assustado. A vida foi boa até aí, fui levando uma vida como havia feito até então. Mas eis que, um certo sábado, quando apaguei as luzes da sala para ir dormir, escutei um rumor de pés sobre a grama. Havia alguém no quintal; não tenho armas, nem nunca as tive e armei da barra de ferro que serve para abaixar os toldos das janelas: ferro fino, mas, sem bem dado, morte certa. Com somente o lume do abajur do quarto aceso, que dava uma mal-percebida luz fosca, vi que o vulto aproximou-se da porta de vidro da entrada e, com surpresa noto, com um molho de chaves. Tiro a lanterna que pusera no bolso do roupão e miro o facho no rosto do vulto. É o meu rosto! O vulto, surpreso, põe-se a correr. Tento abrir a porta para segui-lo, saber que raio é aquilo, mas as minhas mãos não conseguem tatear as chaves na gaveta, agora que a lanterna caiu e seu facho inunda uma risca de chão. Corro à janela da frente e vejo que o vulto já alcançou a rua. Acho as chaves, saio e somente um vento quente bate nas folhas das árvores. Nada do vulto. Fiquei por quase uma hora olhando para fora, com as luzes da casa apagadas. Depois de um tempo, a cansaço sugeriu-me que eu havia imaginado. Coisas de quem mora sozinho.

Veja também: I, II, III, IV, V, VI e VII.

Anúncios
Deixe um comentário

1 comentário

  1. Cartas litorâneas (IX) « Hepáticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: