286. “O Dicionário Kazar”, Milorad Pavitch

A fumacinha enciclopédica do cachimbo literário de Milorad Pavitch

Lendo dicionário

Tendo como tema principal a conversão dos cazares ao judaísmo, “O Dicionário Kazar – Romance-enciclopédia em 100.000 palavras” é um romance, como o próprio nome indica, em verbetes. A obra do sérvio Milorad Pavitch apresenta-se como uma obra do século 17 que narra a conversão dos cazares — um povo não-eslavo das estepes entre os mares Cáspio e Negro — com um léxico e com apêndices organizados sob três ópticas diferentes: o Livro Amarelo (pelo judaísmo), o Livro Verde (pelo islamismo) e o Livro Vermelho (pelo cristianismo).

“O Dicionário Kazar”, segundo sua própria introdução, pode ser lido em qualquer sequência, ficando a critério do leitor qual caminho seguir. Chama a atenção ainda o fato de existirem duas edições, uma dita “masculina” e outra “feminina”. A diferença é apenas um parágrafo em certo ponto do livro; mas a alteração de sentido provocada pode ser crucial.

O “Dicionário…” É o primeiro romance de Pavitch e foi publicado originalmente em 1984.

O Dicionário Kazar – Milorad Pavitch – Marco Zero – 300 págs. – Preço variável

* * *

Sugestão publicada na Tribuna Impressa de Araraquara em 18/6/2012.

About these ads
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.499 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: